terça-feira, 24 de setembro de 2013

Três meses


Eu tô bem sumida daqui, é eu sei. Pensei em deletar o blog, mas desisti, pois eu pretendo reler tudo isso daqui um ano e ter boas lembranças, ou apenas pensar "eu deveria ter aproveitado mais". 
Provavelmente o que vai acontecer vai ser um misto de boas lembranças e a sensação de poder ter feito mais, vivido mais e ter permitido mais. A verdade é que hoje completo o terceiro mês aqui e não tenho coisas empolgantes pra contar. No fundo, essa vida de au pair era bem mais excitante na minha cabeça, enquanto ainda estava no Brasil, do que de fato é.
Depois das idas e vindas às praias de New Jersey, passei o feriado "Labor Day" em Baltimore. Tive dias ótimos com a minha grande amiga Luiza, foi um reencontro bem especial e valeu super a pena. Passei esses dias cercada por brasileiros, todos muito legais e receptivos.
 Semana passada, fui ao meu primeiro concert aqui nos USA. Eu escolhi Arctic Monkeys porque era o que tava tendo pra celebrar a chegada do outono, mas quem me conhece sabe que eu quero mesmo é o show do Green Day, aliás tenho vários planos pra me encontrar com o Billie Joe, assim bem por acaso, na rua. Quem sabe eu ganho um beijo! rs
No mais, as coisas estão bem pacatas, eu pecisava de mais diversão aqui e menos horas na cama, dormindo. Esse é meu foco pros próximos meses.
 Com a família, tudo vai indo muito bem, aos poucos vou me sentindo parte disso tudo e estou bem mais adaptada com a vida no hemisfério norte. Meus boys estão crescendo, a cada dia mais lindinhos e com mais responsabilidades. 
Pra encerrar, estou indo dormir feliz por ouvir a coisa mais fofa do meu little monster Josh:
 " Hey Jess, you are awesome! Good night."


Baltimore downtown

Pode acreditar, 10 pessoas em 1 taxi! Tinha que ser coisa de brasileiro.

Alex Turner consegue ser mais sexy que o Billie. Lindo!

Awesome drink from Hard Rock


Foda!
People chegando pro show dos Macacos mais sexy!



Cake time with the monsters

Invadiram meu quarto pra ver TV. Isso porque "they are not allowed"



Eles piraram no brigadeiro!









quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Summertime here! NJ beaches


Hello everybody!

As all of you know, é verão aqui nos States!  Eu dei graças a Deus que cheguei nessa época, pois detesto inverno, ainda mais quando there is no cuddling. *.*
 O bom é que até chegarem as baixas temperaturas, terei um bom tempo para ir me acostumando. Enquanto isso, ainda temos algumas semanas de verão por aqui, não tão quentes quanto o mês de Julho, mas o suficiente para aproveitar.
Pras au pairs que moram na região East dos EUA, vale muito a pena conhecer o litoral de New Jersey, aliás, muitas host families têm beach house nessas redondezas, não é o caso da minha (unfortunately), mas se você mora perto, eu super indico ir pra passar um fim de semana. That's what i did- Eu conheci Wildwood, Avalon e Stone Harbor. Todas as cidades são bem parecidas e AMAZING, exatamente como nos filmes,  apaixonei!
 No início de Agosto eu fui com a Hannah (uma colega alemã) para Wildwood, fomos de manhã e voltamos a noite. Foi super divertido, fizemos um cruise to see dolphins and whales e passamos o resto do dia na praia. No último fim de semana, fui pra NJ again e tinha planos de conhecer Atlantic City, mas devido à chuva e o tempo nublado não deu certo e fiquei em Avalon na casa de uma amiga au pair brasileira, foi super gostoso.
That is all from August, em dois dias completo dois meses aqui, sinto o inglês melhorando a casa dia. Já sonhei em inglês e vivo misturando as linguas. É uma loucura! Logo mais novidades!

Seguem algumas fotos-

sunny

so beautiful

Avalon beach



Dolphins- Wildwood
nice day 



=)

super cold water!
fairy wheel












segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O primeiro mês já se foi

Hello everyone!

O despertador insiste em me acordar todos os dias, e como se não bastasse atrapalhar o meu sono, ele ainda faz o favor de me lembrar, a cada manhã, que eu não acordei na minha cama em Pinda ou na saudosa cama lá de Minas e que, sim, eu acordei pra viver aquele sonho antigo de morar nos States. Eu enrolo, viro de um lado pro outro, e aí ele grita " Acorda, Jéssica! A hora é agora, aproveita". Ainda bem que acontece isso, porque vou contar pra vocês uma coisa; a ficha demora pra cair. Os dias vão se passando e de repente, eu percebo que já estou aqui há 40 dias. Apenas 40 de 365 (ou mais). E a verdade é que muitas vezes eu nem acredito que eu realmente estou aqui, ou eu sinto que estou apenas de férias e que em breves dois ou três meses estarei de volta pra realidade. Só que não. Ainda tem muita coisa, muita.

No post de hoje, escolhi falar da minha vida aqui e como é o meu schedule de au pair.
 Durante este primeiro mês, meu schedule foi e continua bem tranquilo. Vale lembrar que as kids estão em Summer vacation, talvez as coisas não mudem muito quando o ano letivo escolar se iniciar, I'll see it.
Eu trabalho de Segunda a Sexta  na média de 4 a 5 horas por dia. Tenho todos os fins de semana off. 
Acordo às 6:50, me troco e às 7 acordo os meninos ( na maioria das vezes eles já estão acordados e usando o ipad). Eles se trocam e descem para o café da manhã.
 O meu little boy- Josh, costuma dar trabalho, aí eu gasto uns minutos pra convencê-lo de que ir ao camp é melhor do que ficar dormindo. Preparo o café da manhã (geralmente cereal ou beagles) e aí vou até o bus stop com eles. O school bus passa pontualmente às 7:50. Volto pra casa, como algo e durmo. Tenho off das 8 am until 4pm. Nesse horário eu durmo, como, fico na internet, leio, assisto tv, faço um curso online, vou andar na rua e hoje comecei academia!
Depois volto com os little crazy monsters e fico das 4pm até a hora que o dad chega (geralmente entre 7 e 8).
Durante essas horas, alguns dias eu tenho que preparar o jantar, outros não. Alguns dias eu vou na sorveteria com eles (após o jantar), outros dias não, alguns dias brincamos na rua, jogamos hockey ou baseball, mas eu sou pessíma. Aí eles desistem. Mas o que fazemos TODOS os dias, jogar xadrez! Também jogamos baralho, ou montamos quebra cabeça ou assistimos Jessie.
 As tardes são bem repetitivas, mas estou gostando. Eles são divertidos e aprendo muito com meus little monsters (vocativo carinhoso da minha hosta pra chamar os meninos). Essa é a parte do dia que mais pratico o inglês. 
Todas as noites falo com minha família e com o namorado, durmo bem mais tranquila com o "boa noite" deles. Também converso com as amigas do Brasil, afinal, sem o apoio e incentivo delas não seria tão bom.

Seguem algumas fotos desse primeiro mês trabalhando de au pair.

Josh - moster número 1 da família
Josh montou sozinho em 5 min!!
De novo o monstrinho so cute, agora se achando com meu relógio!

Little monsters jogando chess. Os danadinhos são ótimos.




terça-feira, 23 de julho de 2013

Primeira viagem- DC!!

Hello everyone!

     Mais uma vez estou atrasada com o meu post. Isso vai mudar! Meus dias sem meu próprio computador estão chegando ao fim. Noticia boa: acabei de comprar um notebook! Ele chega em uma semana, entao logo vou poder contar mais coisas pra vocês e também, voltar a ler os vários blogs que eu sigo.

     Na minha terceira semana aqui, a minha family viajou pra Seattle e foi assim que eu tive minha primeira semana de ferias como au pair. Sem amigos e sem dinheiro! hahaha  so cool, isn't it?
Passei a semana toda a toa, andei pela cidade nos locais que eu já conhecia, tive minha primeira meeting, conheci algumas au pairs (isso foi bom). E passe o fim de semana em Washington DC (isso foi ótimo!!)

     Sai de Philly na sexta-feira depois do almoço (que eu nao tive, pois nao deu tempo) e cheguei em DC por volta das 4 pm. Voltei pra Phily no Domingo de manha. Ou seja nao tive tempo de fazer muitas coisas, mas conheci os principais pontos turísticos da cidade. For sure, I will be back there as soon as possible.
     A cidade é maravilhosa, gente! Pra quem mora por perto ou pra quem ainda vai chegar aqui no USA e ainda nao conhece, vale a pena. Eu adorei! La em DC eu fiquei na casa da Fer, que é au pair também  Conheci ela no Brasil em um dia que ela foi visitar a irma (que mora na mesma cidade que meus pais).
Seguem algumas fotos.







Delicia de lugar!


     Bom, meninas pra quem nao tinha muita grana e nem amigas, ate que minha primeira viagem aqui valeu a pena, e muito! Amei DC.
No inicio de Agosto terei outra semana off (mas nao contando como ferias, ufa!).
Alguém aqui em Philly ou redondezas, com dias livres e querendo fazer algo, entre em contato comigo. Eu estou querendo conhecer Atlantic City!

Amanha completo 1 mes aqui, gente! Passou muito rápido e espero que continue assim, pois a saudade do Brasil so aumenta!

terça-feira, 9 de julho de 2013

Primeira semana com a host family.

Hoje completo duas semanas na terra do Tio Sam. E parece que o primeiro mes vai passar voando.
Eu espero que seja assim com os proximos onze meses, pois hoje eu tive aquele pensamento "sera que aguento?" E doi so de pensar que por algum motivo besta, eu desista desse ano que sempre foi um sonho. Eu que ja morei quatro anos longe dos meus pais, sei cozinhar, lavar, passar e ser na medida do possivel, independente... bateu o primeiro momento homesickness. 
Desde que eu cheguei aqui, estou em crise com a comida, sujeira e bagunça da minha host family. 
E hoje minha family viajou pra Seattle, so voltarao daqui 7 dias e pra variar, a au pair antiga tambem se foi ha poucas horas. Ou seja, todo mundo partiu no mesmo dia, e eu fiquei aqui, sozinha. Confesso pra voces que a ficha caiu, chorei um pouco e pronto.
Passei o dia todo limpando e organizando a casa, pois meus hosts viajaram e deixaram tudo imundo e baguncado, e o pior acho que nem deixaram comida suficiente pra uma semana.
Desabafos a parte, como meu namorado me disse, eu estou aqui no lugar que muitas pessoas gostariam de estar e nao devo gastar meu tempo preocupando com sujeira, bagunca e comida.  Posso comer qualquer coisa e deixar a bagunca de lado, o que vale mesmo 'e aproveitar cada oportunidade aqui.
E ja que eu tenho a semana off,  programei minha primeira viagem. Sexta-feira vou pra Washington DC e volto no Domingo a tarde. Na Segunda-feira, comeco de vez a ter uma rotina aqui. Por enquanto foram so passeios, conhecer a cidade, meu primeiro concert nos USA ( John Mayer, Ne-yo e Demi Lovato no 4th of July) e muito Portugues!! Preciso colocar o Ingles em pratica pra valer agora.
Seguem algumas fotos dos primeiros dias em Phily. Essa cidade 'e boa demais.

Domino gigante

Domino gigante

At Benjamin Franklin Parkway- com todas as bandeiras do mundo

4th of July- o lindo do John Mayer, vista do telao. Foi o que deu.

At Love Park- minha homenagem ao meu amor

Rodin Museum- 

On the streets of Philadelphia







quarta-feira, 3 de julho de 2013

Primeiros dias de USA - treinamento e host family

Hello everyone, (antes de tudo, desconsiderem as palavras sem acento, estou usando um  computador que nao esta configurado com os acentos do português)
Estou ha alguns bons dias sem postar aqui, confesso que desanimei por varios motivos. 
Agora eu entendo porque muitas das au pairs nao postam com tanta frequencia. A vida aqui nao 'e la um mundo cor de rosa e voce, as vezes, nao tem tanto tempo ou desanimo te domina mesmo, e olha que no meu caso eu ate tenho tempo de sobra. Pois entao, vou fazer um resumo de como foi os dias no treinamento, minha chegada na familia e os primeiros dias. E `e claro, com  fotos.

Segunda-feira, 24 de Junho, embarquei no aeroporto de Garulhos com mais quatro brasileiros, nosso voo fez escala na Colombia e chegamos em NY  bem tarde, totalmente exaustos com a viagem e o pior, o motorista da Cultural Care nao estava la nos esperando. Ficamos esperando por ele mais de 1 hora.
Os dias no treinamento eram bem cansativos, nao tinhamos tempo pra nada, comecavam as 8h e iam ate tarde, com intervalos para as refeicoes. No final do dia, mortos de cansaco, nos restava apenas dormir.
O treinamento foi bem gostoso, apesar da correria, foi bem bacana poder vivenciar um ambiente diferente, pessoas diferentes e infelizmente, comida diferente. Tive serios problemas com a comida, detestei.


Na sexta-feira, por volta das 13h, cheguei em Phily, minha host mom foi me buscar juntamente com a atual au pair. Desde o dia que eu cheguei, estou levando uma rotina bem tranquila, a atual au pair esta me explicando como funciona tudo, me ensinando a andar pelas ruas de Phily, me mostrando os lugares e etc. Em relacao as criancas e os pais, posso dizer que eles estao sendo legais comigo. Por enquanto so estou tendo contato com o mais novo, pois as minhas kids estao no summer camp, o mais velho so volta no fim de semana, e o mais novo vai de manha e volta no fim da tarde. No mais, posso dizer que estou adorando minha vida de aupair. Philadelphia 
'e linda e estou adorando viver aqui.

Vista linda- em frente ao  refeitorio da Universidade
vista da janela do meu quarto

sunny morning



lunch time
Brazilians everywhere!
no Central Park

Museu- em Phily





Bom gente, isso 'e um pouquinho dos meus primeiros dias, menos de duas semanas aqui e eu ja posso dizer que vou morrer de saudade do Brasil, da familia, dos amigos e do meu amor.
Nao ha lugar melhor do que simplesmente estar com voces. Saudade!
Amanha eh 4th of July, gente! E Phily esta se preparando pra sua grande comemoracao com fireworks, parade e o concert - John Mayer, Demi Lovato e Ne-yo. I can`t wait for tomorrow. Too excited!!

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Maybe the last post from Brazil!

Oi gente!

Faltando apenas 4 dias para o meu embarque, meu coraçãozinho está a mil e os preparativos também. Está tudo tão corrido nesses últimos dias que eu até achei melhor começar a fazer as malas um pouquinho antes, e postar aqui pra vocês, pois provavelmente a partir de amanhã não terei mais tempo para isso.

Passei quatro anos da minha vida fazendo e desfazendo malas e por isso nem me preocupei muito, achei que fosse ser simples, mas essa mala pra 1 ano com o mínimo de coisas, eu estou penando. Apenas comecei, vou finalizar no Domingo a noite.

Para o host family, não tive muita criatividade, vou dar havaianas para os meus dois boys,  um apetrecho que serve para colocar incenso ou vela para a host mom e um jogo de xadrez/dama feito em pedra sabão (comprado em Ouro Preto-MG) para os pais. Além do jogo serve como enfeite também. Doces para todos!


É isso, gente. Meu próximo post provavelmente será o primeiro nos EUA.

 Abraço a todos!

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Hi everyone!

Faltando exatamente 10 dias para o embarque, estou aqui para compartilhar com vocês um pouco sobre os preparativos para viagem e o que ainda vai rolar nessa longa dezena de dias até lá.

Aqui em Pindamonhangaba na casa dos meus pais, os preparativos pra minha viagem andam a mil por hora. Todos os dias eu tenho que responder às (mesmas) perguntinhas (que papai, mamãe e vovó) fazem a respeito da minha futura rotina nos EUA, ou sobre  os hosts, ou sobre o tempo, ou sobre a viagem, ou a respeito de qualquer coisa  que em algum momento, talvez dois dias atrás, eu já tinha informado a eles. NO PROBLEM, afinal, eu entendo que eles estão tão ansiosos quanto eu.

Minha mãe e minha vó, estão empenhadas em planejar o meu jantar de despedida (que vai ser dia 22/06). Todos os dias, elas ficam discutindo a respeito do cardápio, sobremesas e até cor das toalhas para forrar a mesa. Eu não tenho muita paciência pra isso, o que elas decidirem,  pra mim está ótimo. Até porque, mesmo se eu não gostar, não vou ter a mínima chance de mudar alguma coisa.
Eu e meu pai somos mais práticos e queremos resolver logo tudo o que tem que ser resolvido. Meu irmão (finge) não estar nem aí pra nada, e vez o outra fala " ainda faltam X dias, não vejo a hora de você ir"; fala isso mas está interessadíssimo em presentes.

Lá em Minas e já voltando para Ribeirão Preto, o meu amor está com centenas de páginas para ler, uma monografia que precisa ser finalizada, uma cirurgia sem data, muitas pedras na vesícula e os planos que foram molhados por um balde de água gelada. Por isso, infelizmente, eu não sei se ele vai conseguir vir pra Pinda se despedir de mim, talvez eu tenha que me contentar com a lembrança de uma despedida triste e cheia de lágrimas na rodoviária de BH há um mês. E se Deus me ajudar, ele chega na sexta-feira  e ficaremos juntos o fim de semana que antecede o embarque.

Sempre fui muito tranquila com as coisas, manter a calma é (era) algo fácil pra mim, só que agora não mais.
Confesso que ando muito ansiosa, ando sentindo um misto de felicidade com medo e tristeza em alguns momentos. Acho que é normal, né? Já me imagino chorando loucamente no dia do embarque. rsrss

Das coisas que eu tenho pra resolver, já está praticamente tudo pronto. Ontem, eu fiz o visa travel money. É bem simples e mais seguro, pois você não precisa viajar com muitos dólares na bolsa. Separei um dinheiro para levar em espécie e foi emocionante quando peguei minha primeira cédula de dólar! Aproveitei que estava no shopping e já comprei uma mala de mão e um cadeado de três combinações. 

Pra host family, falta só comprar um chinelo Havaianas pra minha kid mais velha e os doces que eu tô planejando levar. Logo, vou colocar foto dos presentinhos pra vocês. Talvez dia 20 ou 21 eu já comece a pensar em fazer às malas,  e por enquanto eu continuo na ansiedade!!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Começou. 20 dias!!


 Olá, meninas! 
Por fim, deu-se início aos tão esperados posts de Junho, que serão acompanhados por boas doses de frio na barriga.
Hoje, apesar do friozinho e acúmulo de ócio,  acordei às 9:20 com o meu namorado me ligando. Ele me ligou só pra dar "bom dia". Foi bem fofo, por sinal e adoro quando ele faz isso.
 Ao desligar o telefone, me dei conta de que na segunda-feira  depois da próxima, neste mesmo horário, já estarei na alturas, provavelmente saindo de Garulhos, caso o voo não atrase. E por isso, então, resolvi escrever meu primeiro post de "contagem regressiva" e contar pra vocês um pouquinho do que eu estou sentindo.
 Para os que não sabem, podem acreditar, logo depois do meu match, eu passei  Abril e Maio como se isso nem tivesse acontecido. Obviamente, eu fiquei feliz com a notícia e ainda mais, por tudo ter se ajeitado tão rápido. Porém, confesso que apenas fiquei feliz e ponto. Foram tantas preocupações com formatura, final de curso, voltar pra casa dos pais, namorar a distância...Tantos medos e inseguranças que eu nem me dei conta do período tão importante  que eu estava deixando passar.
Acontece que, felizmente, noa últimas semanas, meus olhos estão tendendo a se abrir cada vez mais para os acontecimentos e oportunidades que a  vida tem me proporcionado.
A cada dia que passa, me sinto mais perto de realizar o meu grande sonho. A cada dia, é um dia a menos pro dia 24/06. Agora, finalmente, estou conseguindo sentir o friozinho na barriga, a empolgação e ansiedade para essa experiência. Estou feliz,  e muito grata ao apoio de pais, familiares, amigos e namorado. Todos me apoiando em minhas escolhas e felizes pela minhas conquistas. Espero realmente que momentos depressivos em minha vida tornem-se remotos e que com essa nova experiência, eu me descubra cada vez mais, supere algumas barreiras eme torne uma pessoa melhor.
Bom, é isso, gente. Os dias vão passando, minha ansiedade só aumenta e meu peso diminui (super feliz haha). Daqui a pouco vou sair com minha mãe, pra gente procurar os presentinhos das Kids. Meu próximo post, vem logo logo. Vou contar pra vocês sobre os presentinhos pra host family. 

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Quando você percebe que o seu namoro será, infelizmente, à distância!

Sexta-feira, exatamente 23h e 17 minutos. Uma noite fria, tipo aquelas que pedem cobertor, filminho e, é claro, doces e namorado! A combinação perfeita para alguns casais, o que é o nosso caso.
Uma sexta-feira assim, quente e gostosa, é o motivo da espera ansiosa pelo próximo fim de semana.
E vivemos assim por aproximadamente 750 dias, tardes, noites e madrugadas. 
Nesse momento, tenho uma certeza: a de que eu estaria feliz com mais uma sexta-feira ordinária, desses tantos dias juntos. 
Só que agora não mais. Agora, a vida não é mais faculdade e Minas Gerais. Agora, a vida tornou-se mais adulta e também cruel, pois parte de mim ficou lá em Minas, e isso dói.
Até ontem, eu apenas, imaginava e fazia 182 hipóteses de como seria voltar para o aconchego do meu lar e ficar longe de você. E logo em seguida, subir a América e não poder te abraçar, beijar e morder por 365 dias. Afinal, uma ou duas semanas, é fácil, mas a gente sofre. Imagina, um ano.  Isso tudo, o coração chora.
Hipóteses de lado, nada se compara ao que eu realmente estou sentindo. Ficar os fins de semana sem você dói. Fazer planos sem você não são tão legais. Os Domingos de preguiça e conchinha na república, não são os mesmos com a família. Ler suas cartinhas, declarações de amor escritas em qualquer pedaço de papel, olhar nossas fotos, ouvir a nossa música... Tudo isso faz bem, me conforta e me faz lembrar que por mais difícil que seja, no fundo, vai valer a pena. A distância dói, a distância machuca, a distância faz transbordar lágrimas de saudade de nossos corações. Mas, se o amor é verdadeiro, mesmo longe, nossos corações e pensamentos estarão sempre juntos, e dois corações que querem ficar juntos, ninguém separa.

aí você troca pelúcias, ou qualquer outro objeto para lembrar da pessoa amada!
To com saudade, Teddy!
.