quinta-feira, 20 de junho de 2013

Maybe the last post from Brazil!

Oi gente!

Faltando apenas 4 dias para o meu embarque, meu coraçãozinho está a mil e os preparativos também. Está tudo tão corrido nesses últimos dias que eu até achei melhor começar a fazer as malas um pouquinho antes, e postar aqui pra vocês, pois provavelmente a partir de amanhã não terei mais tempo para isso.

Passei quatro anos da minha vida fazendo e desfazendo malas e por isso nem me preocupei muito, achei que fosse ser simples, mas essa mala pra 1 ano com o mínimo de coisas, eu estou penando. Apenas comecei, vou finalizar no Domingo a noite.

Para o host family, não tive muita criatividade, vou dar havaianas para os meus dois boys,  um apetrecho que serve para colocar incenso ou vela para a host mom e um jogo de xadrez/dama feito em pedra sabão (comprado em Ouro Preto-MG) para os pais. Além do jogo serve como enfeite também. Doces para todos!


É isso, gente. Meu próximo post provavelmente será o primeiro nos EUA.

 Abraço a todos!

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Hi everyone!

Faltando exatamente 10 dias para o embarque, estou aqui para compartilhar com vocês um pouco sobre os preparativos para viagem e o que ainda vai rolar nessa longa dezena de dias até lá.

Aqui em Pindamonhangaba na casa dos meus pais, os preparativos pra minha viagem andam a mil por hora. Todos os dias eu tenho que responder às (mesmas) perguntinhas (que papai, mamãe e vovó) fazem a respeito da minha futura rotina nos EUA, ou sobre  os hosts, ou sobre o tempo, ou sobre a viagem, ou a respeito de qualquer coisa  que em algum momento, talvez dois dias atrás, eu já tinha informado a eles. NO PROBLEM, afinal, eu entendo que eles estão tão ansiosos quanto eu.

Minha mãe e minha vó, estão empenhadas em planejar o meu jantar de despedida (que vai ser dia 22/06). Todos os dias, elas ficam discutindo a respeito do cardápio, sobremesas e até cor das toalhas para forrar a mesa. Eu não tenho muita paciência pra isso, o que elas decidirem,  pra mim está ótimo. Até porque, mesmo se eu não gostar, não vou ter a mínima chance de mudar alguma coisa.
Eu e meu pai somos mais práticos e queremos resolver logo tudo o que tem que ser resolvido. Meu irmão (finge) não estar nem aí pra nada, e vez o outra fala " ainda faltam X dias, não vejo a hora de você ir"; fala isso mas está interessadíssimo em presentes.

Lá em Minas e já voltando para Ribeirão Preto, o meu amor está com centenas de páginas para ler, uma monografia que precisa ser finalizada, uma cirurgia sem data, muitas pedras na vesícula e os planos que foram molhados por um balde de água gelada. Por isso, infelizmente, eu não sei se ele vai conseguir vir pra Pinda se despedir de mim, talvez eu tenha que me contentar com a lembrança de uma despedida triste e cheia de lágrimas na rodoviária de BH há um mês. E se Deus me ajudar, ele chega na sexta-feira  e ficaremos juntos o fim de semana que antecede o embarque.

Sempre fui muito tranquila com as coisas, manter a calma é (era) algo fácil pra mim, só que agora não mais.
Confesso que ando muito ansiosa, ando sentindo um misto de felicidade com medo e tristeza em alguns momentos. Acho que é normal, né? Já me imagino chorando loucamente no dia do embarque. rsrss

Das coisas que eu tenho pra resolver, já está praticamente tudo pronto. Ontem, eu fiz o visa travel money. É bem simples e mais seguro, pois você não precisa viajar com muitos dólares na bolsa. Separei um dinheiro para levar em espécie e foi emocionante quando peguei minha primeira cédula de dólar! Aproveitei que estava no shopping e já comprei uma mala de mão e um cadeado de três combinações. 

Pra host family, falta só comprar um chinelo Havaianas pra minha kid mais velha e os doces que eu tô planejando levar. Logo, vou colocar foto dos presentinhos pra vocês. Talvez dia 20 ou 21 eu já comece a pensar em fazer às malas,  e por enquanto eu continuo na ansiedade!!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Começou. 20 dias!!


 Olá, meninas! 
Por fim, deu-se início aos tão esperados posts de Junho, que serão acompanhados por boas doses de frio na barriga.
Hoje, apesar do friozinho e acúmulo de ócio,  acordei às 9:20 com o meu namorado me ligando. Ele me ligou só pra dar "bom dia". Foi bem fofo, por sinal e adoro quando ele faz isso.
 Ao desligar o telefone, me dei conta de que na segunda-feira  depois da próxima, neste mesmo horário, já estarei na alturas, provavelmente saindo de Garulhos, caso o voo não atrase. E por isso, então, resolvi escrever meu primeiro post de "contagem regressiva" e contar pra vocês um pouquinho do que eu estou sentindo.
 Para os que não sabem, podem acreditar, logo depois do meu match, eu passei  Abril e Maio como se isso nem tivesse acontecido. Obviamente, eu fiquei feliz com a notícia e ainda mais, por tudo ter se ajeitado tão rápido. Porém, confesso que apenas fiquei feliz e ponto. Foram tantas preocupações com formatura, final de curso, voltar pra casa dos pais, namorar a distância...Tantos medos e inseguranças que eu nem me dei conta do período tão importante  que eu estava deixando passar.
Acontece que, felizmente, noa últimas semanas, meus olhos estão tendendo a se abrir cada vez mais para os acontecimentos e oportunidades que a  vida tem me proporcionado.
A cada dia que passa, me sinto mais perto de realizar o meu grande sonho. A cada dia, é um dia a menos pro dia 24/06. Agora, finalmente, estou conseguindo sentir o friozinho na barriga, a empolgação e ansiedade para essa experiência. Estou feliz,  e muito grata ao apoio de pais, familiares, amigos e namorado. Todos me apoiando em minhas escolhas e felizes pela minhas conquistas. Espero realmente que momentos depressivos em minha vida tornem-se remotos e que com essa nova experiência, eu me descubra cada vez mais, supere algumas barreiras eme torne uma pessoa melhor.
Bom, é isso, gente. Os dias vão passando, minha ansiedade só aumenta e meu peso diminui (super feliz haha). Daqui a pouco vou sair com minha mãe, pra gente procurar os presentinhos das Kids. Meu próximo post, vem logo logo. Vou contar pra vocês sobre os presentinhos pra host family.